Uma mensagem sobre o presente, de nossa Diretora, Eloisa Artuso

By Eloisa Artuso & Fashion Revolution Brasil

4 weeks ago

Queridas amigas e amigos, parceiras e parceiros, entusiastas, revolucionárias e revolucionários da moda:

A moda é um constante movimento, é expressão, ela é individual e coletiva e é feita por pessoas para pessoas. Assim como nós, somos constante movimento, do tempo e da vida. E o que faço agora com meu tempo e minha vida profissional, é seguir esse balanço.

Estou encerrando um importante ciclo profissional, me desligando da direção do Fashion Revolution Brasil, após iniciar este trabalho como voluntária à frente da área de educação do movimento no começo de 2015 e, em 2018, me tornar cofundadora e Diretora Educacional do Instituto Fashion Revolution Brasil. Foram quase 7 anos de trabalho intenso e incansável, de muitos aprendizados, trocas, diálogos fundamentais com muitas pessoas e organizações e de contato com uma rede de pessoas incríveis que têm esperança, assim como eu, em uma moda – e um mundo – melhor. 

Registro do Fashion Reevolution Day, em 2015.

 

A moda precisa de pessoas corajosas, fortes e sensíveis, dispostas a mudar todo um sistema, que só se transformará se criarmos uma verdadeira revolução. Não esqueçamos disso: revolução. Para quem deseja o mundo como eu, um lugar onde todas as pessoas caibam, de forma justa, plural e em harmonia com a natureza, sabemos que o caminho é esse. Sabemos também que a revolução só acontecerá se for coletiva, e que a educação é seu alicerce.

A educação desperta o olhar crítico, a criatividade, a autonomia do pensar e, por isso, é libertadora. Fomos guiadas por esse sentimento de libertação e expansão ao criarmos o Fórum Fashion Revolution, a primeira plataforma do país desenhada exclusivamente para fomentar a pesquisa e o debate sobre desafios e soluções sustentáveis dentro dos sistemas da moda, assim como colocar o Brasil como eixo gerador de conhecimento na área.

Igualmente, o Índice de Transparência da Moda tem o potencial de desencadear uma série de aprendizados para grandes marcas varejistas, incentivando novas estratégias e práticas e ajudando o setor, como um todo, a avançar. Sinto profundo orgulho e alegria em fazer parte da construção, estabelecimento e fortalecimento destes projetos, assim como tantos outros, e tenho a certeza de que eles seguirão fortes e fundamentais para a Indústria da Moda brasileira.

 

 

A luta pela Revolução da Moda segue sendo urgente e fundamental

Que a gente não se acomode, que tenhamos o descanso (necessário) como estratégia para continuar a luta, que a gente não se esqueça de porquê começamos essa caminhada e nem onde queremos chegar. Que a gente não se distraia com o discurso fácil de quem se aproxima mas não busca a transformação de verdade. Que a gente não se acostume com as mensagens rasas de quem transforma a sustentabilidade em produto. E que a gente continue questionando, pressionando e construindo um presente desejável. O nosso grande poder é ter sempre o presente em mãos, pois esse é o único espaço de tempo que ocupamos de verdade – o presente. É o que fazemos neste instante que importa. E perceber isso muda a nossa perspectiva de encarar o mundo. 

 

Arte de Repense a Moda para a campanha Quem Fez Minhas Roupas em parceria com o Design  Ativista.

 

O presente aponta uma urgente transição ecológica, a oportunidade de imaginarmos novos marcos civilizatórios, desconstruir velhas estruturas de poder e recriar as formas de relacionamento entre pessoas e com a natureza para permitir que o planeta possa se regenerar. Regenerar a natureza é regenerar a nós mesmos. Não podemos voltar no tempo, mas podemos fazer as pazes com a natureza e coexistir de forma mais harmoniosa. Este é o momento, a hora certa é sempre agora. A mudança é necessária.

Agradeço imensamente as amigas e amigos, parceiras e parceiros que cruzaram meu caminho e me ajudaram a evoluir nesta trajetória. A vida é feita de encontros e por meio deles ela acontece todos os dias, sempre no presente. Espero que a gente se reencontre em breve : )

Com carinho e esperança,

Eloisa Artuso | www.eloisaartuso.com