Porque a transparência na moda é importante, de acordo com especialistas

By Fashion Revolution Brazil

2 months ago

O Índice de Transparência da Moda Brasil 2021 vem chegando, o relatório concentra 245 indicadores que cobrem tópicos relacionados a condições de trabalho, trabalho escravo contemporâneo, igualdade de gênero, igualdade racial, combate da crise climática, entre outros, sobre 50 grandes marcas de moda brasileiras. 

Publicamos o Índice todos os anos porque acreditamos que a transparência é uma ferramenta poderosa para mudanças transformadoras na Indústria da Moda. Mas o que realmente significa transparência? E por que ela é importante na luta para construir uma Indústria da Moda que conserva e restaura o meio ambiente e valoriza as pessoas acima do crescimento e do lucro? 

Nesta postagem do blog, descubra cases de transparência na Indústria da Moda, com especialistas que estão trabalhando para mudá-la.

*Parte deste conteúdo faz parte do “Guia de Transparência da Moda, edição: clima, gênero e raça“, um material elaborado a partir do Índice de Transparência da Moda Brasil 2021, com patrocínio do Sebrae.

 

Estudos de Caso: a transparência na prática

“Um desenvolvimento sustentável de verdade é aquele que inclui as pessoas e melhora suas vidas, cuida do meio ambiente e respeita o consumidor final. Estes são elementos fundamentais para a construção de uma sociedade diferente.” – Nelsa Ines Fabian Nespolo, Diretora presidenta da Justa Trama

Leia o artigo na íntegra na página 23 do Índice de Transparência

Informação é Poder: somente com transparência teremos acesso aos desafios da indústria e às melhores formas de endereçá-los

“A transparência é uma alavanca para mudanças em qualquer setor econômico. Quando fazemos o recorte da indústria de moda, vemos que somos uma indústria com muita opacidade em informações sobre a cadeia de fornecimento, sobre impactos gerados a partir de seu processo produtivo, sejam impactos humanos ou ambientais. ” –  Verônica Couto de Oliveira Tavares, Analista de inteligência de mercado do Sebrae

Leia o artigo na íntegra na página 55 do Índice de Transparência

Os Materiais e a Biodiversidade: nossas roupas vêm da Natureza e nossa missão deveria ser a conservação dos ecossistemas

“​​Precisamos propor uma transição de modelo de produção de matérias-primas naturais que tenham dois compromissos principais: a restauração da biodiversidade dos ecossistemas e a geração de renda e segurança alimentar.” – Yamê Reis, Consultora de moda e autora de “O Agronegócio do Algodão: meio ambiente e sustentabilidade”

Leia o artigo na íntegra na página 63 do Índice de Transparência

Entrevista: mulheres e agroecologia

“As mulheres agricultoras têm um papel fundamental na proteção da biodiversidade. Como mantenedoras e multiplicadoras da biodiversidade, trabalham a produção de base agroecológica nos seus quintais, ampliando as estratégias de convivência com o território.” – Andrea Sousa Lima, Coordenadora de Projetos no ESPLAR Centro de Pesquisa e Assessoria

Leia o artigo na íntegra na página 64 do Índice de Transparência

A Pandemia de Covid-19 e as(os) Trabalhadoras(es) Migrantes na Indústria da Moda de São Paulo

“Apesar do Brasil abrigar todos os estágios da cadeia da moda e de ser a segunda indústria que mais emprega no país, como a pandemia atingiu as pessoas que não estão vinculadas a este mercado de maneira formal, ou melhor, aquelas que são quase invisíveis nessa cadeia?” – Marina Novaes, Pesquisadora e Representante para o Brasil do Business & Human Rights Resource Centre

Leia o artigo na íntegra na página 85 do Índice de Transparência

 

Igualdade Racial

“Sem dignas condições de trabalho e de remuneração, assim como a efetiva participação e valorização do trabalho de mulheres negras, não há processo que possa ser sustentável ou respeitável.” Carol Barreto, Criadora do projeto Modativismo, Artista Visual, Designer de Moda Autoral e Professora do Departamento de Estudos de Gênero e Feminismo da UFBA.

Leia o artigo na íntegra na página 89 do Índice de Transparência

Menos Pior Não Significa Ser Bom: moda regenerativa requer atenção

“Não existe regeneração sem feminismo e igualdade de gênero, assim como não existe sustentabilidade sem justiça social, caso contrário, só estaríamos sustentando a desigualdade.” – Beto Bina, co-fundador da FARFARM

Leia o artigo na íntegra na página 93 do Índice de Transparência

Alta de Transparência das Marcas Sobre Superprodução, Circularidade e Consumo

“Esses dados mostram que a maioria das grandes marcas de moda está simplesmente transferindo a responsabilidade pelos produtos que criam e, de maneira mais geral, evitando serem responsabilizadas pelos padrões de consumo excessivo que incentivam e normalizam.” – Liz Ricketts, Co-Fundadora e Diretora da OR Foundation

Leia o artigo na íntegra na página 97 do Índice de Transparência

Transparência na Pegada de Carbono é Chave para a Credibilidade das Metas com Base Científica das Marcas

“A transparência sobre o carbono é a única maneira de termos certeza de que as marcas estão tomando as ações necessárias para reduzir suas emissões e definir metas com base científica.” – Pauline Op de Beeck, Gerente de desenvolvimento de negócios da União Europeia e Líder de Moda Sustentável do Carbon Trust

Leia o artigo na íntegra na página 104 do Índice de Transparência