Conheça o primeiro livro do Fashion Revolution Brasil!

By Fashion Revolution Brazil

1 month ago

Por trás das roupas há uma realidade pouco conhecida e nada glamorosa: trabalho análogo ao escravo, exploração de recursos naturais, opressão e desigualdades, mas ainda assim existem (e resistem) indivíduos e movimentos que acreditam no poder de transformação positiva da moda.

A moda tem a capacidade de impactar vidas, tanto de quem a faz, como de quem a veste. Moda é expressão, arte, cultura e necessita estar integrada com a realidade do planeta e da sociedade.

Resgatando a ancestralidade brasileira, celebrando a pluralidade, provocando questionamentos e seguindo em direção a um futuro integrado. Neste livro a moda se apresenta como uma ferramenta propositiva e foi idealizado a partir desta perspectiva.

“Os saberes ancestrais nos levam à beleza do sensível. Trata-se de conhecimentos vastos, vindos do convívio entre as pessoas e a natureza e passados de geração a geração.” – Flávia Aranha, Sabrina Morais e Tatiana Massaro.

Organizado por Fernanda Simon e Eloisa Artuso, o livro conta com ensaios de diversas mulheres que fazem parte da construção de um novo capítulo na História da moda brasileira, percebido através dos pilares da sustentabilidade, com seus desafios e êxitos. 

O livro “Revolução da Moda: Jornadas para Sustentabilidade” foi escrito por: Alice B. Schuch, Camila Yahn, Carol Barreto, Dina Cardoso, Flávia Aranha, Heloisa Rocha, Iara Vidal, Julia Vidal, Lala Deheinzelin, Lilyan Berlim, Mari Pelli, Marina Stuginski, Sabrina Morais, Tatiana Massaro, Viviana Santiago e Viviane Santiago. Conheça algumas das autoras em vídeo disponível em nossas redes (clique aqui para assistir) e saiba mais sobre os artigos escritos no encontro de Lançamento do livro Revolução da Moda: Jornadas para Sustentabilidade.

Depois de 7 anos do Rana Plaza, honrando as vidas perdidas no desastre e celebrando uma moda que promove o bem estar das pessoas e da natureza, o livro nasceu como um objeto inspiracional de celebrar o Fashion Revolution no Brasil, que atua desde 2014, como um produtor de conteúdo agregador ao movimento global. 

Falar sobre “O que é trabalhar com moda no Brasil?” é um desafio que precisava ser realizado, com uma necessidade de fortalecer a produção nacional e amplificar as vozes que podem trazer diversas perspectivas sobre caminhos reais para sustentabilidade.

Unir naturezas, pessoas, culturas e identidades, nos elevou ao processo de criação só com mulheres, para aplicar uma perspectiva feministas de novos paradigmas, projetando uma lógica de crescimento para pensar em novos futuros.

Feito para inspirar e aguçar o sentido de mudança, o livro é um convite para reflexão e ação em prol de uma moda definitivamente justa e ética, que honre as pessoas e a Natureza acima do lucro.

O projeto é um trabalho coletivo idealizado pelo Instituto Fashion Revolution Brasil e financiado pela Editora Reviver (@editorareviver). Para reservar a sua edição do exemplar em pré-venda, acesse: https://bit.ly/revolucaodamoda.

Sobre o Fashion Revolution:

O Fashion Revolution acredita no poder de transformação positiva da moda, e tem como principais objetivos conscientizar sobre os impactos socioambientais do setor, celebrar as pessoas por trás das roupas, incentivar a transparência e fomentar a sustentabilidade na moda.

O movimento surgiu após o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, em 2013, que causou a morte de mais de mil trabalhadores da indústria da moda. Ganhou escala global, no Brasil atua desde 2014 e hoje está estabelecido como Instituto Fashion Revolution Brasil.

Ao longo dos anos se tornou uma extensa rede de pessoas e comunidades.  Existe por uma indústria da moda limpa, segura, justa e responsável, atua desenvolvendo pesquisas, materiais informativos de sensibilização à causa, fomentando ações de frente educacional e produzindo atividades de mobilização, sendo em grande parte, organizados de forma colaborativa. 

Faça parte e pergunte #QuemFezMinhasRoupas!